15
Jan
07

Passou depressa.

    Nunca
entendi porquê os fins-de-semana passam depressa, quando dou conta estou já no domingo
à noite, concluindo que inevitavelmente a segunda-feira é já a seguir. Parece
que o tempo é mesmo relativo à perspectiva do observador, para mim o tempo
passou a correr, no entanto para os ponteiros do relógio, o tempo passou com a
cadência do costume. Como tudo o resto nesta vida, um bom momento passa a
correr, enquanto um momento menos bom parece prolongar-se para sempre.
    Ao longo
dos anos tentei diversas técnicas para fazer prolongar os fins-de-semana, desde
a fazer directas até dormir apenas umas horas ou dormir muitas, na realidade
parece não haver diferença, chega sempre aquele momento em que concluo o
descanso, é como as férias, só nos apercebemos que chegaram ao fim no último
dia, aí questionamos como o tempo passou depressa e desejamos voltar ao
primeiro dia porque no fim parece que não foi o suficiente.
    Agora
resta-me desligar os computadores, televisão e tudo o mais de electrónico,
despedir-me dos gatos e ir dormir, porque amanhã afinal é daqui a umas horas e
amanhã é o meu pior dia da semana, segunda-feira.

 


0 Responses to “Passou depressa.”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: