04
Nov
06

Os tempos que correm.

    Liga-se a televisão e nos noticiários vemos imagens de
destruição, notícias de catástrofes e miséria humana. Um tempo houve em que a
televisão era magica, recheada de boas coisas e informação útil, agora são as
notícias espectáculo que fazem as primeiras linhas e longe vai o tempo da inocência
da televisão.
    É o mundo
em que vivemos, se calhar sempre assim o foi, apenas os nossos olhos uma altura
houve em que eram inocentes e inocente era a forma como olhávamos para o mundo.
Agora confrontados com a realidade, desejamos voltar a fechar os olhos ao que
vemos, para assim deixarmos de ser contaminados por todo o mal do mundo, porque
é verdade, a exposição a coisas tristes e deprimentes afecta-nos o espírito,
por isso deixei de ver as noticias, prefiro nem saber.
    De um lado
temos os malucos que se explodem, do outro o clima a ficar maluco, no meios
ficamos nós a dar em doidos com tudo isso, então que diferença faz se
simplesmente levar a vida avante esquecendo ou não vendo o que não preciso
saber, para ficar deprimido consigo o fazer sem ser a olhar para a televisão, já
me basta tudo o resto.
    O mundo
talvez esteja para acabar, não sei, mas também nem quero saber pois escolho
viver sem pensar nisso tudo, no fim, a inundação de informação encheu-me as
medidas, são os tempos que correm…


0 Responses to “Os tempos que correm.”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: