30
Out
06

Revolta.

    Momentos há em que simplesmente sinto uma revolta crescente,
aumentando mais e mais conforme o tempo passa. A razão dessa revolta é simples,
todo o mundo que me rodeia e que está imerso num mundo de fantasia, fazendo de
conta que as suas próprias regras estão certas e as minhas estão erradas. O
mundo tornou-se um abrigo para a mentira, ilusão e faz-de-conta, aonde a
verdade, sinceridade e honra simplesmente tornaram definições no dicionário.
    O importante
deixou de ser, para simplesmente parecer. Agora basta parecer para que todos
assumam que é. Quando se reduz tudo ao que parece superficialmente e se esquece
o conteúdo, acabamos por estar a viver num mundo de plástico sem vida, sem
verdade.
    A revolta é por viver
num mundo de plástico em que todos são marionetas nas mãos da sociedade, a
revolta é por estar a remar num barco contra a maré…


0 Responses to “Revolta.”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: