16
Out
06

O mundo aos meus olhos.

    Limitado pelo alcance dos meus globos oculares o meu cosmos
estende-se até à linha do horizonte, ou até ao infinito espaço se olhar para o
céu. Tudo que vejo está limitado por aquilo que vejo, no entanto sei que existe
mais para alem do que consigo ver, mais para além da linha de horizonte.
    Para
realmente ver, torna-se necessário deixar de confiar plenamente no que está exclusivamente
à vista, ironicamente é com a mente que o mundo é visto e com um sentido além
do que possa ser descrito que o mesmo poderá ser sentido. O mundo acaba por ser
tudo aquilo que sei, o que absorvi de informação é o que faz o mundo que vejo,
o meu cosmos.
    De tempos
em tempos, adquiro novas informações e assim alargo o meu mundo mais um pouco,
no entanto com tudo o que sei, o que realmente me deixa preocupado é tudo o que
ainda não sei.
    O conhecimento é como um doce,
depois de o termos ingerido, queremos sempre um outro.


0 Responses to “O mundo aos meus olhos.”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: