11
Out
06

Diplomacia.

    Parece tratar-se de uma palavra da moda, ouve-se na rádio, vê-se
na TV e lê-se na Internet. Por o que pude perceber, parece tratar-se de uma técnica
de distracção, enquanto se discute os problemas diplomaticamente, os exércitos preparam
as armas. A diplomacia parece ser uma tanga pegada destinada atirar areia para
os olhos do mundo.
    Mas no
micro cosmos que me rodeia, a diplomacia não é mais que tentar ser simpático,
mostrar um sorriso e parecer que me preocupo com os problemas dos outros,
afinal de contas neste pequeno cosmos somos todos diplomatas, uns melhores do
que outros. Há aqueles que diplomaticamente mandam um gajo à fava, outros há
que o dizem com as letras todas. Os que fogem diplomaticamente e aqueles que
correm a sete pés, e ainda, os que discutem os problemas cara a cara e aquele
que varrem a poeira para debaixo do tapete fazendo de conta que o problema se
resolve sozinho.
    Exemplo,
vejamos a U.N. lá estão supostamente os melhores diplomatas do mundo, todos os países
representados tentando mediar os seus problemas, pela razão e lógica não
deveria haver guerra, fome, peste ou morte. No entanto, os quatro cavaleiros do
apocalipse continuam com trabalho pela frente, tudo porque é mais fácil a esses
diplomatas declarar uma guerra do que dar um pedaço de terra sem valor nos
confins da terra.
    Agora estão
todos críticos da Coreia do Norte ter estoirado um dispositivo de fissão nuclear,
no entanto as vozes que mais se elevam pregando a moralidade, são exactamente
as mesmas que antes fizeram o mesmo e inclusive detonaram dispositivos de fusão.
A diferença entre um e outro é a unidade de medida, por regra equivale-se a potência
de um dispositivo nuclear ao peso correspondente em dinamite.
    Uma bomba de fissão, do tipo das
largadas aquando da segunda guerra mundial, tem um valor medido em milhares de
toneladas de dinamite, ou kilotons, tipicamente entre 5 a 15 kilotons, mas se isso
assustas porque o ditador maluco da Coreia do Norte estourou um dispositivo
destes, deviam-se lembrar que a escala dos dispositivos termo nucleares ou de
fusão, tem uma escala na ordem dos megatons…um pequeno sol. A maior já detonada
tinha 100 megatons ou seja 100 milhões de toneladas de dinamite. Por isso o que
o maluco da Coreia do Norte tem é basicamente uma bombinha de Carnaval, quando
comparada com os outros que agora o criticam.
    Diplomacia é afinal dar uma
desculpa conveniente, invés de uma tanga pegada ou uma fuga airosa.

0 Responses to “Diplomacia.”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: