06
Out
06

Nada.

    Quando não sei sobre o que escrever neste blog, fico num
impasse pois a ideia original era escrever qualquer coisa todos os dias, mesmo
sendo um perfeito disparate. Mas afinal também este mundo está cheio de
disparates por isso os meus não agravam em nada.
    Ao usar
este meio com forma de passar as minhas ideias deixo para trás uma porção do
meu pensamento aquando escrevo. Acontece que nem sempre de tudo que tenho na
mente, consiga fazer uma escolha relativamente ao que escolher para falar, por
isso hoje, este texto está a ser feito no momento, sem ser da forma premeditada
que por vezes podemos escrever qualquer coisa.
    O pior é o
vazio da incerteza, ao escrever de improviso acabo por não ter um destino pré
definido, ficando sujeito à aleatória forma como acabará.
    De certa forma, é o
dia-a-dia, quando abrimos os olhos não fazemos ideia do que virá a seguir, no
entanto nada nos impede de imaginar e estimar o que irá acontecer a seguir. Aí
ao contrário do improviso podemos antever o que o futuro trará, mas ficamos
apenas com uma estimativa, porque nunca podemos saber completa e seguramente o
que o futuro reserva na próxima esquina temporal 


0 Responses to “Nada.”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: