20
Set
06

Gotas de água

    

    Chuva…
    Caí do céu
sem recear o impacto inevitável com o chão, precipitando-se das alturas molha indiscriminadamente
tudo no seu caminho acompanhada pelo som característico que só algo como a
chuva poderia ter, o som de milhares de gotas individualmente a encontrarem-se
com o chão num ralenti sonoro.
    Pode-se
correr, tentar esconder e tantas outras coisas, no fim perde-se sempre essa
competição desigual entre nós e toda essa água no céu. O curioso, é que mesmo
uma pequena nuvem branca sozinha num céu azul, acaba afinal na sua essência por
ser água, uma nuvem pequena tem centenas de litros em suspensão mesmo por cima
das nossas cabeças graças a um delicado equilíbrio natural. Da mesma forma como
surgiu, uma nuvem tem o seu destino selado, a certa altura voltara a perder o
seu estatuto aéreo voltando de novo a ser simplesmente água a cair do céu.
    Água é
sempre água, fluida em torno dos seus obstáculos, contornando o que lhe se
opuser sem perder uma gota, mantendo ao todo custo um todo de muitas gotas de
chuva juntas para chegarem ao seu destino.


0 Responses to “Gotas de água”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: